Por que a atuar com as PICS na Farmácia Estética?

A definição da Organização Mundial da Saúde (OMS) é bem clara sobre o que são as práticas integrativas e complementares de saúde (PICs). As práticas que visam estimular mecanismos naturais de prevenção e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, possuem ênfase no atendimento humanizado e na integração homem, meio ambiente e […]
PICS - Farmácia Estética

A definição da Organização Mundial da Saúde (OMS) é bem clara sobre o que são as práticas integrativas e complementares de saúde (PICs). As práticas que visam estimular mecanismos naturais de prevenção e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, possuem ênfase no atendimento humanizado e na integração homem, meio ambiente e sociedade.

Atualmente as PICS estão em alta, principalmente em decorrência da pandemia. Sendo o país do mundo com mais PICS implantadas no sistema público de saúde, o Brasil se tornou referência internacional na recuperação de sequelas causadas pela Covid-19 com o uso dessas práticas.

Com a procura por essas técnicas aumentando cada vez mais, o número de farmacêuticos buscando habilitação para trabalhar com as PICS, cresce a cada dia.   A atuação com esse tipo de procedimento faz com que os farmacêuticos e os profissionais da Farmácia Estética sejam diferenciados no mercado, proporcionando um atendimento completo aos pacientes. 

Regulamentação das PICS 

Segundo o que informa o Ministério da Saúde sobre as PICS, “a legitimação e a institucionalização dessas abordagens de atenção à saúde se iniciaram a partir da década de 1980, principalmente, após a criação do SUS. Com a descentralização e a participação popular, os estados e os municípios ganharam maior autonomia na definição de suas políticas e ações em saúde, vindo a implantar as experiências pioneiras”. 

Desde a Política Nacional de Assistência Farmacêutica, o farmacêutico ganhou seu espaço na equipe de saúde, e posteriormente na Saúde Estética, podendo estar mais próximo do paciente e também trabalhar com mais autonomia. 

O Conselho Federal, por meio das Resoluções n° 572 de 2013 e a n° 611 de 2015 reconhece seis práticas como especialidades do farmacêutico. Já a Portaria n° 1.988 de 2018 atualiza os procedimentos e serviço especializado de Práticas Integrativas e Complementares na Tabela de Procedimentos Medicamentos Órteses Próteses e Materiais Especiais do SUS, conferindo ao profissional farmacêutico a atuação em quase todas as práticas da Política Nacional.

Aumente seus lucros utilizando as PICS na Farmácia Estética

O profissional, tendo a capacitação para tal, pode oferecer essa nova forma de cuidar para os seus pacientes, oferecendo um tratamento complementar de caráter integral. Na Farmácia Estética, a associação de procedimentos minimamente invasivos com a Ozonioterapia gera ótimos resultados.

Além de agregar valor técnico ao Farmacêutico Esteta, a associação de protocolos estéticos e integrativos pode ser uma opção para aumentar a rentabilidade dos procedimentos realizados.

Isso porque os pacientes começam a ver resultados eficientes e possuem recuperações mais rápidas. Além disso, uma especialização em Ozonioterapia, por exemplo, atrai mais pacientes e diversifica o seu leque de atuações.

A inovação e a adaptabilidade são habilidades primordiais, mas na Farmácia Estética o constante aperfeiçoamento, é o fator chave para a rentabilidade e renovação da profissão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2012-2021. Portal da Farmácia Estética.