Muitos farmacêuticos enfrentam diversos problemas em suas áreas de atuação, a desmotivação profissional por possuírem um plano de carreira limitado, turnos exaustivos em balcões de atendimento, escalas e horários que não favorecem suas vidas pessoais, tudo isso contribui para que cada vez mais esses profissionais queiram mudar de área.

 

Com essa necessidade crescendo no setor, e o mercado de estética aquecido, a área da Farmácia Estética chega como o último fôlego para os profissionais que já haviam deixado de lado suas esperanças.

 

Regulamentada pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF) nas Resoluções nº 573/2013 e 616/2015, a habilitação em Farmácia Estética garante ao farmacêutico a possibilidade de atuar na Saúde Estética seguindo as atribuições previstas.

 

O que um farmacêutico esteta pode fazer?

 

Segundo a resolução que dispõe sobre as atribuições do farmacêutico no exercício da Saúde Estética, é possível que o profissional assuma a responsabilidade técnica por estabelecimentos que executam atividades no campo estético, além da aplicação de técnicas de natureza estética e recursos terapêuticos, como os especificados abaixo:

 

  • Avaliação, definição dos procedimentos e estratégias, acompanhamento e evolução estética;
  • Cosmetoterapia;
  • Peelings químicos e mecânicos;
  • Sonoforese (ultrassom estético);
  • Eletroterapia;
  • Iontoforese;
  • Radiofrequência estética;
  • Criolipólise;
  • Luz intensa pulsada;
  • Laserterapia;
  • Carboxiterapia;
  • Agulhamento e microagulhamento estéticos;
  • Toxina botulínica;
  • Preenchimentos dérmicos;
  • Intradermoterapia/mesoterapia.

 

Vale destacar que essas técnicas devem ser realizadas pelo Farmacêutico Esteta com finalidade estritamente estética, sendo restrito a procedimentos de cunho invasivo e cirúrgico.

 

Como um farmacêutico pode começar a atuar na Farmácia Estética?

 

Para que o farmacêutico seja considerado apto para exercer a saúde estética legalmente, é necessário ter realizado uma pós-graduação Lato Sensu na área de saúde estética reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

 

Assim, os farmacêuticos regularmente inscritos nos Conselhos Regionais de Farmácia e que estejam capacitados técnica, científica e profissionalmente estão habilitados a exercer atividades na área de Farmácia Estética.

Neste artigo você encontra mais informações sobre como funciona a especialização, confira mais sobre o assunto clicando aqui. Caso queira saber mais sobre o início da carreira na Farmácia Estética, veja aqui.

Deixe aqui seu Comentário

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito complicado para nós farmacêuticos atuarmos hoje em dia na área da estética, procedimentos que são simples (mas que com certeza exigem conhecimento) não podemos realizar. O CFF precisa se posicionar veementemente de forma jurídica contra essas liminares absurdas do CFM.

    • Olá Marina, com certeza o CFF ainda precisa melhorar muito o respaldo em relação a Farmácia Estética, a luta pela conquista do espaço dos profissionais estetas não pode parar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Jornalista e Redatora das principais notícias sobre a Farmácia Estética.

Deixe aqui seu Comentário