Conheça o peeling de cerveja e saiba tudo sobre mais essa opção de tratamento para sua clínica de estética

Cerveja no rosto? Sim! Essa bebida que é paixão nacional, agora também pode ser oferecida na sua clínica de estética, mas como tratamento. Claro que não é a latinha em si que é usada, mas sim uma substância extraída do lúpulo. Para quem não conhece, o lúpulo é o responsável por dar o gostinho amargo […]

Cerveja no rosto? Sim! Essa bebida que é paixão nacional, agora também pode ser oferecida na sua clínica de estética, mas como tratamento. Claro que não é a latinha em si que é usada, mas sim uma substância extraída do lúpulo. Para quem não conhece, o lúpulo é o responsável por dar o gostinho amargo da cerveja e agora pode tratar a pele das pessoas.

Este peeling é indicado para clarear a pele, prevenir manchas e inflamações. Ele é muito usado nos tratamentos estéticos realizados na Europa e na Ásia, mas agora está chegando aqui no Brasil. Embora possa estar presente em alguns produtos para uso em casa, é no peeling de cerveja que o lúpulo se destaca.

[restrict]

Saiba mais sobre o peeling de cerveja

O interessante do lúpulo, um tipo de flavonoide, é que além de tratar as manchas existentes, ele ajuda a impedir que novas apareçam. Com isso, o tratamento acaba deixando o cliente mais satisfeito. Assim como acontece em outros tratamentos do tipo, o ácido age esfoliando a pele, o que faz com que a mancha suma. Já o lúpulo presente no peeling de cerveja, combate o vai e vem da mancha, algo que acontece com frequência.

Assim, este tratamento é indicado para pacientes com manchas na pele, graças às suas propriedades antioxidantes, ou que chegam à clínica em busca de rejuvenescimento facial.

O resultado pode ser notado aos poucos e o número de sessões varia de acordo com a pele do paciente. No geral, com três aplicações o resultado esperado é obtido. As sessões podem ser feitas a cada 7 ou 21 dias, dependendo da pele, e a descamação já é notada na primeira aplicação.

Cuidados após o tratamento estético

Assim como nos outros tratamentos do tipo, é necessário explicar para o cliente que ele terá que evitar exposição solar. Além disso, é necessário usar protetor durante todo o dia, mesmo quando está em casa. A sensibilidade da pele aumenta, o que faz com que este cuidado seja ainda mais importante.

Este tratamento pode ser aplicado em qualquer tipo de pele, mas sempre respeitando as necessidades de cada uma. O que vai mudar é o tipo de ácido aplicado que os diferenciam entre a versão esteticista e dermatológica.

Os que os esteticistas podem usar atuam em camadas mais superficiais da pele enquanto que o usado pelo dermatologista associa ácidos de ação mais profunda, o que aumenta o poder de descamação da pele. Ambos usam o princípio ativo vindo do lúpulo, o Wonderlight, que funciona como antioxidante e na despigmentação da pele, eliminando as manchas e combatendo o retorno delas.

Oferecer este tratamento em sua clínica de estética é uma maneira de inovar e atrair mais clientes. O sucesso do peeling de cerveja está se espalhando pelo país e, consequentemente, a procura tende a aumentar. Além disso, você sabe que está oferecendo algo de qualidade, com bom resultado e testado em vários países do mundo.

[/restrict]

^39BE11B3ABC0810ABCD8F770BD942CF2348A2D5FDCDF7F721D^pimgpsh_fullsize_distr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2012-2021. Portal da Farmácia Estética.