Qual a importância do CFF na Farmácia Estética?

São 4 ou 5 anos estudando na graduação em farmácia, decorando tabelas, fazendo estágios, e depois da aprovação do TCC, ainda resta mais um último passo. Antes de iniciar a carreira profissional na Farmácia Estética, o farmacêutico deve realizar sua inscrição no Conselho Federal de Farmácia (CFF) do estado em que irá trabalhar.  Independente da […]
CFF- Farmácia Estética
São 4 ou 5 anos estudando na graduação em farmácia, decorando tabelas, fazendo estágios, e depois da aprovação do TCC, ainda resta mais um último passo. Antes de iniciar a carreira profissional na Farmácia Estética, o farmacêutico deve realizar sua inscrição no Conselho Federal de Farmácia (CFF) do estado em que irá trabalhar.  Independente da área de atuação escolhida pelo farmacêutico é necessário realizar a inscrição do profissional. No entanto, muitos farmacêuticos ainda não compreendem a importância dos conselhos de classe. Nesse contexto, é preciso entender como funciona um conselho de classe, qual seu papel na carreira dos farmacêuticos, e como funciona o Conselho Regional de Farmácia (CRF). Por isso, vamos responder as suas dúvidas e te ajudar a entender melhor o a atuação dos conselhos na Farmácia Estética!

Saiba o que é um Conselho Profissional

Um Conselho Profissional ou de Classe, é uma instituição pública, suportada por lei federal, que regulamenta, normatiza e fiscaliza o exercício da profissão com base nos valores éticos profissionais e melhores práticas da atividade.  Especificamente, o CFF, bem como os Conselhos Regionais de Farmácia foram criados na década de 60 pela Lei Federal n. 3820 que determina atribuições dos profissionais, além de questões relativas à anuidade, processos de inscrição e suspensão do CRF. Sendo assim, o CRF para os farmacêuticos é importante para regulamentar o exercício da profissão. Também é o Conselho de Classe que determina os parâmetros para atividades ou serviços prestados pela categoria profissional, buscando um exercício sustentável e justo da profissão. Sendo assim, o CFF regulamenta a profissão dos farmacêuticos em todas as atuações.

Conselho Federal de Farmácia (CFF)

A organização do Conselho de Classe funciona da seguinte maneira: O Conselho Federal tem diligência nacional, e os Conselhos Regionais respondem diretamente à ele. Dessa maneira, o CFF regulamenta a atuação dos farmacêuticos no Brasil, e tem como principais atribuições: 
  • Estabelecer os direitos, deveres e a ética farmacêutica;
  • Dar suporte para os CRFs de todos os estados na resolução de problemas e dúvidas;
  • Propor modificações à regulamentação vigente buscando melhorar o exercício da profissão;
  • Fomentar o debate entre os CRFs buscando difundir as melhores práticas do setor e questões relevantes dos profissionais da área de interesse nacional.

Conselhos Regionais de Farmácia (CRF)

Além do CFF atuando em nível nacional, cada estado possui seu próprio conselho que abrange todo o território estadual. O CRF, é a ponte regional para auxiliar os farmacêuticos quando necessário, e atuar de maneira assertiva nas necessidades do profissional de cada região, algumas de suas principais funções são:
  • Registrar os profissionais da área expedindo a carteira profissional, habilitando-o para atuar no mercado farmacêutico corretamente;
  • Fiscalizar o exercício profissional e aplicar punições às infrações cometidas;
  • Acompanhar se os princípios do exercício profissional e a ética farmacêutica estão sendo cumpridos;
  • Sugerir melhorias na regulamentação dos serviços profissionais ao CFF mediante às necessidades da classe.

A importância do Conselho na Farmácia Estética

Conhecendo um pouco sobre as funções de cada órgão, é possível entender a importância dos conselhos para a classe de farmacêuticos. O CRF contribui para o aprimoramento profissional, promovendo debates, palestras e cursos, além de divulgar informações e atualizações regulatórias do setor. Assim, a regulamentação da especialização em Farmácia Estética fica à cargo do CFF, bem como a definição da atuação do farmacêutico esteta, e a aprovação da habilitação do mesmo.  Depois que o farmacêutico realiza a pós-graduação em Farmácia Estética, cabe a ele entrar em contato com o CRF para pedir o reconhecimento de sua habilitação. Só assim é possível trabalhar na Farmácia Estética de maneira regulamentada e dentro da legislação. Por isso, estar por dentro de tudo o que acontece dentro do CFF e CRF, é extremamente importante para o Farmacêutico Esteta, afinal as mudanças realizadas nas resoluções impactam diretamente o dia a dia do profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2012-2021. Portal da Farmácia Estética.