Conforme envelhecemos a renovação de nossa pele passa a ocorrer de maneira mais lenta, é nesse momento que aparecem as rugas as manchas causadas pelo sol, ou por outros fatores, e uma esfoliação química ou mecânica se faz necessária para ajudar a região facial a renovar a pele, mantendo uma aparência hidratada, saudável, livre de manchas e viçosa.

Os peelings químicos são tratamentos que surgiram para ajudar a tratar manchas causadas por acne, amenizar estrias, o aspecto de cicatrizes e pode ser feito na pele do rosto, do pescoço, das mãos e também em outras partes do corpo.

Atualmente existem uma grande variedade sobre o tipo de peeling. Diferentes substâncias podem ser aplicadas em sua realização, assim como diferentes técnicas podem ser usadas, de acordo com a profundidade do peeling que será realizado e a forma que isso será feito.

Quando fazer o peeling químico?

Se você estiver em busca de melhoramento da elasticidade da pele, remoção de manchas, textura e eliminar imperfeições o peeling químico pode ser uma boa pedida.

Nesse momento você deve procurar uma avaliação com seu farmacêutico esteta para que ele analise qual tipo de peeling será o mais adequado para o seu rosto.

Para cada paciente será usado um tipo de ácido específico, de acordo com o tipo de pele e a objetividade do tratamento. Alguns dos ácidos mais comuns usados são o ácido glicólico, retinóico e o carbólico.

Mas para ter certeza se o peeling é mesmo o tratamento mais indicado para a sua pele, o paciente precisará procurar um especialista esteta. Em casos como remoção de excesso de flacidez, remover pequenos vasos e cicatrizes e manchas muito profundas o peeling não é o tratamento mais indicado.

Cuidados para realização de um bom peeling

Procure um profissional capacitado, um farmacêutico esteta está entre os profissionais que mais estudam e realizam esse procedimento. Os resultados costumam aparecer na segunda sessão, dependendo de cada caso. O especialista que irá indicar um número de sessões necessárias. Após a aplicação do peeling o paciente precisa ter o cuidado de usar religiosamente o filtro solar e evitar a exposição ao sol, pois a pele fica sensível após ser submetida aos ácidos usados no tratamento.

Quais são os tipos de peelings

Químicos

Fenol
Peeling de fenol atenuado por ser aplicado pelo profissional da estética. Ele induz a uma queimadura química que, com o passar dos dias promove o rejuvenescimento da pele.

Ácido tricloroacético – pode ser usado para vários tratamentos cutâneos. Tem uma ação clareadora e o risco de má cicatrização é pequeno. É indicado para o pré-tratamento com Retina-A e hidroquinoa 4% durante quatro a seis semanas.

Ácido glicólico – utilizado em peelings superficiais, pode ser usados no pré-tratamento para peelings químicos e terapia a laser. Tem a ação de rejuvenescer o estrato córneo de forma semelhante à tretinoína.

Mecânico ou físico

(Mais usados para o tratamento de estrias e cicatrizes de acne).

Microdermoabrasão – criado na Europa, esse tipo de peeling usa um aparelho que possuí um vaco eletrônico potente e a abrasão é obtida através da pulverização de microcristais de dióxido de alumínio, na parte mais superficial da pele.

Peeling físico dermoabrasão – indicado para tratamento de rugas faciais grossas, principalmente aquelas que estão em volta da boca e para cicatrizes de acne. Utiliza-se um esfoliador, que pode ser uma lixa grossa. Para efetuar este procedimento é necessário uma anestesia local.

Peeling vegetal – é um método de esfoliação que regenera as células da epiderme com o uso de ingredientes naturais. O produto é massageado na área a ser tratada por 20 minutos e depois essa área é coberta por bandagens por mais 40 minutos. Após o procedimento a pele fica com uma cor avermelhada, regredindo em sua intensidade no dia seguinte. Uma ligeira esfoliação será iniciada no terceiro dia. O fenômeno estará completo no prazo de 48 a 72 horas. É um procedimento que produz intensa vasodilatação local com estímulo e ativação celular que clareia e melhora sensivelmente a qualidade da pele.

Esses são apenas alguns tipos de peeling. Como a área da estética está em constante crescimento e aprimoramento, cada vez mais surgem novos tipos de peeling, como uso de diferentes substâncias.

^39BE11B3ABC0810ABCD8F770BD942CF2348A2D5FDCDF7F721D^pimgpsh_fullsize_distr

Deixe aqui seu Comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a farmácia estética é legítima, um direito do farmacêutico, do farmacêutico esteta, do graduando em farmácia e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.