Produtos com benefícios de perda de peso são vetados pela Anvisa

Órgão proíbe a venda de alimentos e medicamentos com a promessa de perda de peso e outras irregularidades A perda de peso e o corpo ideal é o que muitas pessoas almejam e procuram quando recorrem para as clínicas e tratamentos estéticos. Porém, por fatores financeiros ou tempo buscam outras alternativas, como medicamentos que prometem […]
comprimidos proibidos

Órgão proíbe a venda de alimentos e medicamentos com a promessa de perda de peso e outras irregularidades

A perda de peso e o corpo ideal é o que muitas pessoas almejam e procuram quando recorrem para as clínicas e tratamentos estéticos. Porém, por fatores financeiros ou tempo buscam outras alternativas, como medicamentos que prometem essa utopia. Um desses “medicamentos” que diziam beneficiar os pacientes com esses resultados são “Chytson + associação”, da marca Powerlip e “mistura para preparo do matche, sabor limão”, do representante Pholias. De acordo a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), foi proibido a fabricação, distribuição e comercialização de alimentos por irregularidades, como falta de registro do produto e alegação de benefícios não autorizados. Além disso, foi determinado a suspensão de toda a publicidade de produtos das marcas nos sites e em quaisquer veículos de comunicação.

Produtos irregulares 

Em publicação no diário oficial da União, a Resolução RE 173 de 22/1/2018 ficou decretado a proibição, em todo o território nacional a fabricação, distribuição, comercialização e divulgação de todos os lotes do produto “Chitosan + Associações”, da marca POWERLIP, fabricado por empresa desconhecida, por alegar emagrecimento em seus resultados e benefícios do produto, no qual não condiz com sua formulação e não possuir registro dentro dos órgãos competentes, comprovante tal feitio. Na mesma resolução também ficou proibido todos os lotes do produto Mistura para o preparo de Matchá sabor limão com gengibre”, da marca Pholias e Nati Pholianegra, fabricado por Attivos Magisttrais Indústria e Comércio LTDA. O produto, além da falta de registro, não possui comprovação de segurança para sua utilização como alimento e contém alegações não autorizadas como “saciedade precoce” e “redução de peso” nos materiais de publicidade. Quer saber mais notícias de Farmácia Estética em primeira mão? Assine a nossa newsletter e curta a nossa página no Facebook @farmaciaestetica [widgetkit id=”28″ name=”BANNER CURSO DE FIOS DE SUSTENTAÇÃO PDO NEPUGA”]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2012-2021. Portal da Farmácia Estética.