Conselho Federal de Farmácia aprovou nesta quarta-feira, 25 de novembro, uma nova Resolução. A partir da publicação em Diário Oficial, o profissional em Farmacêutico Estética, devidamente habilitado com pós-graduação de saúde estética, poderá realizar procedimentos invasivos, não cirúrgicos, entre eles, aplicação de toxina botulínica, preenchimentos dérmicos, carboxiterapia, intradermoterapia, mesoterapia, microagulhamento e criolipolólise.

BAIXAR RESOLUÇÃO No – 616, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2015

A decisão foi tomada, em sessão plenária realizada na sede do Conselho Federal de Farmácia, em Brasília com a presença de representantes de Comissões Técnicas em Farmácia Estética de todo país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e escrevemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a farmácia estética é legítima, um direito do farmacêutico, do farmacêutico esteta, do graduando em farmácia.