Por trás dos balcões: por que os farmacêuticos migram para a Farmácia Estética?

Da mesma maneira que cada pessoa escolhe se graduar em Farmácia por um motivo, a mudança de carreira também possui suas particularidades. Dentre as razões apontadas pelos profissionais que migram para a Farmácia Estética, as longas jornadas de trabalho, turnos noturnos e falta de oportunidades de crescimento na área são as mais citadas. Muitos farmacêuticos, […]
Farmácia Estética - Migrar carreira

Da mesma maneira que cada pessoa escolhe se graduar em Farmácia por um motivo, a mudança de carreira também possui suas particularidades. Dentre as razões apontadas pelos profissionais que migram para a Farmácia Estética, as longas jornadas de trabalho, turnos noturnos e falta de oportunidades de crescimento na área são as mais citadas.

Muitos farmacêuticos, mesmo com estabilidade profissional, enxergam na Farmácia Estética uma possibilidade de obter benefícios que proporcionam muito mais qualidade de vida, além do aumento dos ganhos atuando nessa área. Se você está se perguntando porque tantos profissionais estão se especializando, veja algumas histórias de quem migrou sua carreira e fez a especialização em Farmácia Estética.

Carreira e maternidade

“Toda minha experiência profissional como farmacêutica é em drogaria, atrás de um balcão, com carga horária de trabalho exaustiva e sem fins de semana. Tenho dois filhos pequenos e não consigo acompanhar o crescimento deles, amo minha profissão e amo meus filhos, mas gostaria de conciliar as duas coisas”.

Esse é o depoimento da Dra. Cristianne Rodrigues, que voltou a estudar para ter um novo começo na Farmácia Estética. “Um bom acompanhamento estético pode tirar pessoas de uma depressão. Se olhar no espelho e se amar novamente não tem preço. E como farmacêutica sei que tenho o papel na sociedade de sempre orientar para o melhor”.

Depois de muita pesquisa sobre cursos em Farmácia Estética, Cristianne decidiu se especializar e escolheu a IES Nepuga. “Ter o diploma em uma instituição conceituada já seria um grande passo nessa minha mudança. Com a conclusão do curso, pretendo trabalhar em clínicas de estética, e ter uma agenda flexível”.

Crescimento profissional

No caso da Dra. Neife Ferreira, a demanda do mercado foi o que impulsionou ela a mudar completamente seu negócio. Proprietária de uma farmácia de manipulação, a empreendedora enxergou uma oportunidade de se reinventar.

“Eu tive uma farmácia por 17 anos, fui cansando do ramo e decidi parar, vendi tudo e comecei em uma nova área, no caso a estética”. conta a especialista. 

Saindo de sua zona de conforto, inicialmente a Dra. montou uma clínica de fotodepilação, e conforme a demanda foi crescendo ela decidiu se aprofundar. “Eu tinha receio de trabalhar com agulha e procedimentos mais invasivos, mas o pessoal foi pedindo e eu fui acompanhando o mercado”.

Amor à profissão

No caso da Dra. Prisciane Gualberto, o motivo para se especializar em Farmácia Estética partiu da vontade de se encontrar profissionalmente, mesmo depois de tentar duas outras especializações, ela sentia que não era aquilo que amava.

“Durante todos esses anos não me encontrava na profissão. Fiz pós-graduação em farmacologia clínica e farmácia hospitalar e ainda assim não me encontrava na profissão. Um dia mexendo na Internet vi que existia pós-graduação em Farmácia Estética e foi aí que pensei, agora assim vou me encontrar”, relata a especialista.

Hoje já atuando na área, a Dra. afirma ter se encontrado profissionalmente, e pretende crescer “Me vejo se Deus quiser com minha clínica grande e linda do jeito que sempre sonhei e como uma Farmacêutica Esteta bem conceituada no mercado da beleza”.

Saúde Mental

Mantendo seu emprego como atendente de farmácia por conta da estabilidade, a Dra. Gabriella Albino, conta que além da cobrança intensa de vendas e metas, presenciou situações que a deixaram abalada.

“Eu não aguentava ver uma mãe ter que escolher o remédio que ia comprar pra dar pro filho, de 3 ou 4 ela só levava um, então eu acabava comprando e dando os remédios, e no fim ainda tinha que tentar vender as vitaminas mesmo sabendo que a pessoa não tinha condições”, relembra.

Avaliando todas as possibilidades da área farmacêutica, ela escolheu a habilitação em estética como o início de uma nova carreira. “É cansativo mas assim consigo passar mais tempo com a minha família”

Desde que iniciou a especialização em Farmácia estética, começou a reformar sua casa para abrir o seu próprio espaço, e hoje Espaço Gabriella Albino, onde oferece diversos procedimentos minimamente invasivos. “No último mês eu fechei o meu primeiro pacote de procedimentos faciais, nossa eu fiquei tão feliz, quase R$600 reais e a cliente passou no cartão na hora, eu fiquei pensando: nossa isso é completamente diferente do que eu fazia”

Como dito, as razões para que os farmacêuticos migrem para a área da Saúde Estética são diversas. Portanto se você está pensando em mudar de carreira, considere que a Farmácia Estética oferece benefícios únicos, desde o aspecto financeiro até a qualidade de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Farmácia Estética.