Justiça condena envolvidos por venda ilegal de Toxina Botulínica

Esquema contava com participação ativa de médicos e empresários de vários estados do Nordeste, além de São Paulo e Minas Gerais O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco obteve, na Justiça Federal, a condenação de 13 envolvidos na comercialização de toxina botulínica do tipo A contrabandeada. Entre os denunciados pelo MPF, estão médicos e empresários. […]
medico algemado

Esquema contava com participação ativa de médicos e empresários de vários estados do Nordeste, além de São Paulo e Minas Gerais

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco obteve, na Justiça Federal, a condenação de 13 envolvidos na comercialização de toxina botulínica do tipo A contrabandeada. Entre os denunciados pelo MPF, estão médicos e empresários. As penas aplicadas aos réus vão de 1 ano e 2 meses de detenção em regime aberto a 8 anos e 2 meses de reclusão em regime fechado. Ao todo, foram 13 envolvidos, sendo nove condenados pelos crimes de contrabando e associação criminosa, dois por contrabando e outros dois por falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, na modalidade culposa.

Comercialização ilegal de toxina botulínica é a nova moda entre Médicos

Uma série de reportagens revela sobre a suspeita de uma quadrilha formada por médicos oferecendo toxina botulínica a preços tão baratos que até mesmo sugerem o comprometimento com a eficiência do medicamento.
“Em 2012, a Polícia Federal em Pernambuco indiciou 55 pessoas por venda clandestina de toxina botulínica. No total, 43 são médicos.”
Seria esse o motivo que a classe médica pretende tirar de nós, Farmacêuticos Estetas, o direito de exercermos a profissão? Eles querem, de certa forma, a reserva de mercado a qualquer custo para continuarem lesando seus pacientes com a falsa comercialização e aplicação de toxina botulínica. E sequer estão pensando nos investimentos que nós farmacêuticos fizemos ou em todo o conhecimento que possuímos diante da área esteta. Certamente não fizemos a pós-graduação em Farmácia Estética e cursos de especialização para sermos “barrados” pela classe médica que mal conseguem distinguir uma toxina legal com os registros e regulamentações devidamente em dia por uma toxina ilegal. Aliás, a comercialização de toxina botulínica ilegal possui claramente a participação destes mesmos médicos que pretendem tirar de nós os direitos cabíveis da profissão.

Toxina Botulínica permanece com Farmacêuticos Estetas

Nós do blog Farmácia Estética, publicamos na semana passada a Liminar médica que não teve nenhum efeito prático suspensivo nos procedimentos destinados a nós Farmacêuticos Estetas. Somos ainda autorizados a realizar procedimentos invasivos como a toxina botulínica e preenchimento. Por isso, é importantíssimo que o Farmacêutico Esteta fique atento às marcas de toxina botulínica com registro na ANVISA. O Farmacêutico Esteta que zela pela sua atuação, está também zelando pela atuação de toda a classe. [widgetkit id=”11″ name=”BANNER PÓS-GRADUAÇÃO FARMÁCIA”]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2012-2021. Portal da Farmácia Estética.