Farmacêutico pode ser Responsável Técnico em uma clínica de estética?

Sim, o farmacêutico pode ser Responsável Técnico em estabelecimentos que trabalham com fornecimento ou comércio de produtos farmacêuticos e para saúde e cosméticos, assim como as clínicas de estética.  O Conselho Federal de Farmácia (CFF), por meio da Resolução nº 577 de 2013, permitiu que o profissional executasse essa função em clínicas. Porém, muita calma […]
farmacêutico responsável técnico

Sim, o farmacêutico pode ser Responsável Técnico em estabelecimentos que trabalham com fornecimento ou comércio de produtos farmacêuticos e para saúde e cosméticos, assim como as clínicas de estética. 

O Conselho Federal de Farmácia (CFF), por meio da Resolução nº 577 de 2013, permitiu que o profissional executasse essa função em clínicas. Porém, muita calma nessa hora, pois para exercer essa função é preciso estar capacitado devidamente como o CFF pede, de forma técnica, científica e profissionalmente.

Neste caso, é preciso ser egresso de alguma pós-graduação lato sensu, reconhecida pelo MEC, na área de saúde estética, como a pós-graduação em Farmácia Estética. Além disso, é necessário estar inscrito no CRF de sua jurisdição e comprovar experiência profissional na área de saúde estética de, pelo menos, dois anos contínuos e intermitentes. 

Mas antes disso, você sabe o que faz um Responsável Técnico? Quais suas principais funções? Para saber, leia esse artigo até o fim e saiba o que você poderá fazer. 

O que faz um Farmacêutico Responsável Técnico? 

Para se tornar um RT de alguma clínica de estética é preciso estar ciente que esse cargo é, literalmente, de extrema responsabilidade. Uma vez que você ocupa essa função numa clínica de estética, você se coloca apto à realizar procedimentos estéticos, como:

  • Eletroterapia;
  • Mesoterapia/Intradermoterapia injetável e pressurizada corporal, facial, capilar, submentoniana e intramuscular;
  • PEIM; 
  • Carboxiterapia; 
  • Microagulhamento; 
  • Hidrolipoclasia PRP e PRF; 
  • Harmonização facial; 
  • Toxina botulínica;
  • Peelings mecânicos, químicos e enzimáticos 
  • Laserterapia;
  • Radiofrequência.

Entre esses, há muitos outros procedimentos estéticos que estão a cargo de um farmacêutico responsável técnico por uma clínica de estética. 

Além disso, outras atribuições administrativas que dizem respeito a natureza estética, também fazem parte do rol de atividades do farmacêutico RT. Por exemplo, manter sempre atualizados os registros de calibração dos equipamentos utilizados nos procedimentos estéticos e terapêuticos e garantir que todos os procedimentos realizados na clínica estejam cumprindo as regras do CFF e os profissionais e pacientes usandos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) da maneira correta. 

O farmacêutico RT pode até delegar demandas para outro farmacêutico, entretanto, a função de supervisão e responsabilidade pela assistência técnica pertence apenas ao responsável técnico.

Quanto ganha um farmacêutico responsável técnico? 

O salário de um farmacêutico esteta pode começar com uma média de R$ 3 mil a R$ 5 mil. Já para o farmacêutico responsável técnico, o salário pode chegar até R$ 7 mil, de acordo com pesquisas feitas pela Catho.  

A área da saúde estética é muito promissora para qualquer profissional da saúde, inclusive os farmacêuticos, como visto acima. E o cargo de responsável técnico dentro de clínicas de estética também é muito valorizado.

Não desperdice a oportunidade de se especializar e começar a ter excelentes retornos financeiros. Afinal, você sabia que farmacêutico poderia ser responsável técnico em clínicas de estética? Nos conte aqui nos comentários e já avisa aquele amigo que talvez não saiba! 😉 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2012-2021. Portal da Farmácia Estética.