Farmacêutica Esteta deseja proporcionar qualidade de vida a seus pacientes

Farmacêutica Esteta escolheu área por paixão à qualidade de vida e têm como planos para, futuramente, abrir sua própria clínica de estética.
farmacêutica esteta

O farmacêutico esteta foi o profissional que adentrou à Saúde Estética logo depois dos biomédicos, quando a biomédica esteta e integrativa, Dra. Ana Carolina Puga, lutou e abriu as portas para sua classe perante o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM). Com a Resolução CFF Nº 616/2015, a Farmácia Estética veio para ampliar o rol de procedimentos dos farmacêuticos. 

Depois disso, muitos profissionais que estavam acomodados atrás de balcões viram uma oportunidade para fazer algo mais e transformarem suas vidas. Com a Dra. Laís Rodrigues, que sempre foi apaixonada por sua profissão, enxergou a Farmácia Estética como uma possibilidade de proporcionar qualidade de vida para as pessoas.

Conheça a trajetória dela neste caso de sucesso

Farmácia Estética: paixão por qualidade de vida 

A Dra. Laís é de São Paulo capital e já atuou em postos de saúde e hospitais. Atualmente, ela é representante farmacêutica de uma indústria. “Eu gostava de trabalhar nesses lugares, lidar com pessoas, mas não era realmente a área que eu queria atuar”, explica. 

Foi neste momento que ela começou a pesquisar cada vez mais sobre a Farmácia Estética e viu que a área poderia trazer para sua realidade aquele desejo de proporcionar bem-estar, qualidade de vida e elevar a autoestima das pessoas. 

“A autoestima é muito importante em nossa vida, se não gostarmos de nós mesmos, não faremos nada felizes. Por isso, não vejo a hora de me formar para atuar de fato com Saúde Estética e contribuir para aumentar a autoestima dos meus pacientes, para que sejam mais felizes”, comenta a Dra. Laís. 

Outro fator interessante da Farmácia Estética é a flexibilidade de horários e a autonomia pessoal e profissional que vai proporcionar para a farmacêutica esteta, uma vez que a Dra. Laís tem uma filha pequena e necessita de mais tempo e horários livres para ficar com ela. 

“A área hospitalar é bem puxada, você faz com muito amor, mas ao mesmo tempo demanda muito da sua vida particular. Não tem finais de semanas e feriados, e eu vejo que isso na estética é diferente, eu terei liberdade para organizar meus horários e minha rotina”, afirma a Dra. 

Planos futuros como Farmacêutica Esteta

A Dra. Laís conta que deseja ter sua própria clínica futuramente, mas inicialmente ela começará conciliando a Farmácia Estética com seu trabalho atual. Segundo a esteta, como o brasileiro tem a tendência em buscar cada vez mais cuidar de si mesmo, procurando procedimentos estéticos que melhorem sua qualidade de vida e bem-estar, o momento é excelente para os farmacêuticos se lançarem no mercado da Farmácia Estética. 

“Podemos nos destacar nesse mercado. Os farmacêuticos ainda têm muito receio de virem para essa área, mas não tem necessidade porque é um campo muito amplo e com muitas oportunidades. Por mais que seja uma área relativamente nova para nós, ao mesmo tempo oferece a possibilidade de se destacar no mercado de trabalho ao realizar um trabalho com carinho, amor e muita dedicação”, aconselha seus colegas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Farmácia Estética.