A Dra. Ana Carolina Puga, presidente da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética, em defesa da classe biomédica, concedeu uma entrevista Jornal O Globo na edição desta sexta feira (25)

Olá Pessoal! Nós do blog Biomedicina Estética, publicamos recentemente a matéria da jornalista que escapou da necrose após o procedimento de rinomodelação, estão lembrados? Em defesa da Biomedicina Estética, a Dra. Ana Carolina Puga concedeu uma entrevista ao Jornal O Globo e destacou que os biomédicos estetas bem preparados, qualificados e habilitados podem sim fazer tal procedimento.

O caso repercutiu nas redes sociais após a Jornalista, Priscilla Aguiar, publicar um artigo no jornal que é colunista sobre o procedimento de rinomodelação realizado erroneamente por uma biomédica esteta.

[restrict]

Confira o vídeo da reportagem:

Convenhamos que o jornal, de certa forma, puxa a “sardinha” para o lado dos médicos, não? Em algumas partes da reportagem, vocês poderão perceber isso!

Mesmo dizendo, em rede nacional, que a sociedade Brasileira de Biomedicina é contra o procedimento de rinomodelação, em seguida colocaram um médico dizendo que estão tomando medidas judiciais, pois os biomédicos estetas não sou habilitados a realizar esse procedimento. Sério isso?

Sabemos que existem inúmeras resoluções que amparam o exercício profissional do Biomédico Esteta dentro de limites estabelecidos e da legalidade. Ainda assim, se acham no direito de declarar que nós, biomédicos estetas, somos incapazes para prosseguir com este tipo de procedimento?

Desta forma, percebermos que na reportagem, o foco é desviado por diversas vezes ao informarem que o procedimento pode causar cegueira e outros inúmeros tipos de problemas. Qual é o propósito? Criar pânico e escândalo colocando um factoide em cima de um outro fato?

Estamos também sensibilizados pela jornalista, mas fragilizar o caso não dando uma versão ponderada dos fatos e aumentando demais as coisas para atingir a opinião pública perante aos biomédicos estetas, não é correto. Aliás, grandes emissoras, jornais e sites são bons em fazer isso, não?

Você já se perguntou, quantos casos gravíssimos de erro estético cometidos por médicos e que levaram vários pacientes a óbito passaram despercebidos ou que, não ganharam a repercussão que deveria?

Para visualizar a matéria do Jornal O Globo na íntegra, baixe o conteúdo através do formulário abaixo:


Nós do blog, também tivemos acesso aos vídeos gravados pela Dra. Ana Carolina Puga antes de serem editados pelo referido jornal.

Confira na íntegra os vídeos e tirem suas conclusões:

Reportagem Programa Bem Estar- A Dra. Ana Carolina Puga, Presidente da Sociedade Brasileira de Biomedicina, comenta sobre o caso de Necrose após rinomodelação. (Parte 1)

Dra. Ana Carolina Puga defende os direitos da Biomedicina Estética no Programa Bem Estar (parte 2)

Dra. Ana Carolina responde: O paciente que tem complicações pós procedimento deve procurar novamente o profissional esteta ou ir direto ao hospital para consulta? (Parte 3)

Quais os procedimentos estéticos não são recomendados pelo alto risco ao realizá-los? Veja a resposta da Dra. Ana Puga no vídeo.

Entenda o caso

No ultimo dia 27, a jornalista Priscilla Aguiar se submeteu ao procedimento estético para deixar o rosto mais harmonioso. Neste dia, jornalista e biomédica tiveram seus planos interrompidos por uma situação desagradável.

Segundo o laudo do hospital, Priscila chegou com sintomas de infecção no tecido superficial na pele da ponta do nariz com uma lesão de aproximadamente 1,3 centímetros. Os tecidos conjuntivos e ósseos continuam intactos.

Isso aconteceu no domingo, 29 de abril, exatamente 2 dias após um preenchimento com ácido hialurônico, mais conhecido como rinomodelação, feito por uma biomédica habilitada em estética, de Recife.

A jornalista foi submetida a um tratamento através da câmara hiperbárica, pressurizado com ar comprimido ou oxigênio puro (O2), ideal para curar feridas e infecções.

Vale o risco oferecer o procedimento de rinomodelação na minha clínica de estética?

Achamos que a resposta agora está bem evidente para todos os profissionais que lidam com estética, desde médicos, dentistas, farmacêuticos, enfermeiros e biomédicos.

Diante desta situação, você pode cobrar o quanto quiser por uma rinomodelação, preenchimento de olheira e ou glabela. Você pode repetir o procedimento quantas vezes quiser em inúmeras pessoas.

Uma hora a intercorrência irá bater à sua porta. É uma questão de tempo e estatística.

Tudo isso pode ser visto como um exemplo de“ter que pagar o valor amargo pelo resto da vida por apenas um único erro”.

Um único erro pode inviabilizar todos os demais procedimentos ao longo de toda a sua carreira. O quanto vale a sua carreira diante de um ganho obtido com rinomodelação?

Veja 7 dicas importantíssimas para evitar intercorrências no preenchimento com ácido hialurônico

  1. Esteja sempre preparado para fazer uso da hialuronidase, um recurso ao alcance dos biomédicos, dentistas, enfermeiros e farmacêuticos devidamente habilitados e especialistas;
  2. Os procedimentos estéticos minimamente invasivos mais recomendados pela SBBME são sempre os que envolvem os menores riscos possíveis, justamente para assegurar a atuação de todos os biomédicos estetas no longo prazo;
  3. Evite realizar preenchimentos em glabela, olheiras, nariz e áreas corporais;
  4. Se tiver que fazer a rinomodelação, realize o procedimento somente mediante anamnese, termo de consentimento informado, contrato devidamente preenchidos, assinados e rubricados pelo paciente. Acima de tudo, esteja seguro na execução do procedimento, devidamente capacitado e habilitado; Se tiver que fazer a rinomodelação no dorso do nariz,evite agulhas e opte por cânulas;
  5. Nunca vale a pena assumir um risco tão alto num procedimento que não vai resolver sua situação financeira para sempre. Pelo contrário, só lhe causará dores de cabeças iguais ou tão piores do que essa;
  6. Sempre siga as recomendações farmacêuticas que constam na bula dos preenchedores de ácido hialurônico considerados como medicamentos correlatos. Dê sempre preferência aos AH crosslinked (com reticulação) e de fornecedores que vendem com nota fiscal e número de rastreio. Sem isso, o medicamento é considerado ilegal e contrabandeado;
  7. Sempre avalie com muita atenção cada caso, e em caso de sintomas específicos, JAMAIS recomende bolsa térmica gelada! O certo é iniciar imediatamente com bolsa térmica quente! Para aumentar a irrigação sanguínea local.

Errar é humano, julgar é desleal

Vivemos em um mundo que, julgar e apontar dedo para o próximo é mais fácil do que entender o que está havendo e buscar se informar sobre o assunto.

Vivemos em uma sociedade medíocre e que julgam as pessoas por tudo e contra tudo, isso porque TODOS estamos propícios ao erro. Somos humanos, errar é comum.

Infelizmente, o erro estético do preenchimento com ácido hialurônico aconteceu com uma biomédica, e pasmem, caíram matando em cima dela e de toda a classe de biomedicina estética. Qual a finalidade disso? Aparecer nas mídias?

A quantidade de erros estéticos realizados por biomédicos estetas, farmacêuticos estetas, enfermeiros estetas e cirurgiões dentistas não chegam nem “ao pé” dos casos gravíssimos de erros envolvendo médicos e que levaram milhares de pacientes a óbito.

Estaremos acompanhando o desfecho deste caso e deixaremos vocês, leitores do blog, a par de tudo o que está acontecendo. Fiquem ligados.

[/restrict]

Deixe aqui seu Comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.