O farmacêutico esteta Dr. Gilson Rabello, realizou um estudo sobre a inclusão do Farmacêutico na Saúde Estética. A pesquisa foi feita como trabalho de conclusão de curso para o Nepuga (Núcleo de Estudos Dra. Ana Carolina Puga) da turma 5, de Belo Horizonte.

O objetivo do trabalho foi mostrar o novo mercado em que o farmacêutico pode se inserir, bem como analisar suas oportunidades e desafios. A discussão apontou para um mercado que pode ainda crescer e melhorar e que, apesar dos desafios, tem a possibilidade de se estabilizar com viabilidade, obedecendo princípios éticos e de segurança.

De acordo com Rabello, o segmento de estética vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo: de um lado, surgem a cada dia novas tecnologias e procedimentos para aperfeiçoar a aparência da população e, de outro, há todo um regulamento sobre quem está e quem não está habilitado a utilizar tais técnicas para tratar pacientes.

Com esses avanços tecnológicos e discussões sobre especializações, o farmacêutico, a partir de novas resoluções legais do Conselho Federal de Farmácia, pôde ampliar suas oportunidades e agora, desde que esteja devidamente especializado, pode atuar no segmento.

[restrict]

Resolução que criou a especialidade da farmácia estética

A farmácia estética é uma nova área na busca de tratamentos. Passou a constituir-se legalmente através da Resolução 573 de 2013 que dispõe sobre as atribuições do farmacêutico na saúde estética, bem como suas responsabilidades, e pela Resolução 616 de 2015 que define os requisitos técnicos para que o farmacêutico possa atuar na estética. Tais resoluções marcam a inserção, de fato, do farmacêutico no ramo da saúde-estética.

Através destas resoluções, o farmacêutico habilitado (especialista) em Farmácia Estética possui atuação reconhecida pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF). Com base em tais resoluções, o objetivo do estudo é apontar como está sendo feita a inclusão do farmacêutico na saúde estética, bem como suas oportunidades e seus desafios.

Para isso, são abordados, através de revisão bibliográfica, o ramo da farmácia estética, as resoluções que incluem a farmácia no ramo estético, os procedimentos que podem ser realizados pelo farmacêutico esteta e os desafios enfrentados.

Novas oportunidades de trabalho na Farmácia Estética

A partir desta nova modalidade de trabalho, os farmacêuticos passaram a ter uma nova oportunidade de trabalho, podendo ser profissionais liberais ou autônomos, expandindo suas possibilidades. É necessário ressaltar, no entanto, que para usufruir de tais oportunidades, o farmacêutico deve se especializar através de curso de pós-graduação.

[/restrict]

  • Pós Farmácia Estética Financiamento Estudantil em até 36x

Deixe aqui seu Comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e escrevemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a farmácia estética é legítima, um direito do farmacêutico, do farmacêutico esteta, do graduando em farmácia.