Juliana Garcia Ignêz 2okkkkEm entrevista com a representante da Comissão Estética do CRF – ES, Juliana Garcia Ignêz, a farmacêutica revela que há falhas na resolução  573/2013, em que a prática de procedimentos invasivos, não cirúrgicos, por parte de farmacêuticos estetas.

Segundo ela, não existe menção quanto a aplicação de Botox. No Brasil, a Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária entende que o Botox é considerado como medicamento biológico, técnico dependente, aplicável por meio de técnicas injetáveis e perfurocortantes, não podendo ser considerado como procedimento invasivo não-cirúrgico, exclusivo aos médicos. “O Conselho Federal de Medicina tentou recorrer sobre a liberação perdendo por 2 vezes a ação”, explica Juliana.

Ainda, de acordo Juliana Garcia Ignêz, a resolução, aponta que procedimentos como aplicação botulínica e preenchimento se enquadram como medicamentos. “Sendo assim permitido pelo farmacêutico. Caso exista controvérsia, algum problema com a fiscalização, o profissional deve apresentar a resolução 573/2013, que, judicialmente, não proíbe a aplicação de botox, perante a lei. Conforme o código civil, o que não é explicitamente proibido é permitido. É por essas aberturas nas resoluções que a classe farmacêutica vem conquistando espaços, como nas prescrições farmacêuticas, na estética, entre outros. Um farmacêutico que faz uma especialização em estética, e tem na grade curricular, carga horária suficiente em aulas de aplicação de botox ou preenchimento, ao meu entendimento está apto a praticar estes procedimentos sem estar infligindo nenhuma lei”, declara.

Infelizmente os farmacêuticos vivem uma cultura de opressão profissional, que começa na faculdade. Sempre é dito para nós o que não podemos fazer e não o que nos é permitido, formando profissionais receosos, daí a importância de discutirmos o assunto, e que a informação possa chegar ao maior número de farmacêuticos possível”, finaliza.

Deixe aqui seu Comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a farmácia estética é legítima, um direito do farmacêutico, do farmacêutico esteta, do graduando em farmácia e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.