Início Contra Ato Médico Globo distorce os benefícios da ozonioterapia
ozonioterapia-fantastico-imagem

Globo distorce os benefícios da ozonioterapia

O programa Fantástico, transmitido pela Rede Globo, trouxe aos telespectadores um assunto muito falado nos últimos tempos e que tem ganhado uma grande repercussão entre diversos profissionais da saúde, a ozonioterapia

A reportagem especial do Fantástico da Rede Globo (leia-se: Rede Esgoto) que foi ao ar no último domingo (8), na verdade, foi um show de horrores repleto de informações erradas e revoltantes sobre a técnica da ozonioterapia.

Isso certamente incomoda e muito, já que nós farmacêuticos podemos trabalhar com ozonioterapia sendo terapeutas, não é mesmo? O medo dos médicos de “baterem de frente” com nossa classe é mútua, e de certa forma isso está preocupando o CFM.

Imagina só se todos nós, farmacêuticos, começássemos a nos especializarmos em cursos de ozonioterapia e, logo após, abrir uma clínica de ozonioterapia para tal atendimento? Confesso que eu adoraria ser uma mosca para ver a cara desses “profissionais da doença” (leia-se: médicos) 

Ozonioterapia pode salvar vidas e vira a “pedra no calcanhar” dos médicos

A Ozonioterapia incomoda muita gente, a ponto de provocar uma matéria tendenciosa, mentirosa e verdadeiramente maligna, em um programa de audiência nacional, privando a população de acesso à informação de qualidade e literalmente lesando as pessoas no seu direito ao acesso a um tratamento oferecido inclusive, no sistema público de saúde de vários países desenvolvidos.

A Globo, sob possível matéria paga pela classe médica, vai contra o Ministério da Saúde e contra a população brasileira.

Afinal, é isso que uma emissora desse porte passa para seus telespectadores, grandes mentiras e ladainhas, achando que nós somos leigos demais para procurar informações coerentes sobre tal assunto, não é mesmo?

Manipular essas pessoas com informações erradas é totalmente desnecessário, mas segue como algo comum para a respectiva emissora. Chega! Basta.

Distorção dos fatos é nome e sobrenome da Rede Globo

A matéria especial deste domingo, falaria sobre a ozonioterapia e os inúmeros benefícios que essa técnica está trazendo para diversos pacientes não só no Brasil, mas no mundo todo. Veja bem, FALARIA DOS BENEFÍCIOS, porque não foi isso o que aconteceu.

A emissora, por sua vez, faz do seu público simples fantoches, alegando mentiras e destorcendo situações durante a reportagem.

Tiveram a audácia de colocar um médico desinformado, ou talvez contratado pela indústria farmacêutica para mentir na “cara dura” e manipular dados sobre essa terapia que há décadas é aplicada em países de Primeiro Mundo.

A ozonioterapia não vem para substituir qualquer terapia, a técnica vem para acrescentar nos tratamentos. O próprio registro no Ministério da Saúde está como “terapias COMPLEMENTARES”, ou seja, aquelas que somam e tão logo não substituem tratamentos da medicina convencional.

Reportagem alega falta de estudos e comprovações sobre a ozonioterapia

Não, a ozonioterapia não cura AIDS e Câncer, essa técnica não é a cura de todos os males da sociedade. Ozonioterapia não é uma panaceia.

Existem, hoje, mais de 3.000 trabalhos científicos em bases como o PUBMED, que comprovam a eficácia da ozonioterpia na resolução de infecções locais e inflamações ortopédicas, dermatológicas e no controle da dor.

E mesmo assim a Rede Globo tem a vergonha de dizer que não existem artigos científicos que comprovem a eficácia da ozonioterapia?

pesquisa-cientifica-ozonioterapia

Acredito então que, estão faltando profissionais competentes na área do jornalismo e que possam buscar mais informações, afinal não é isso que deveriam fazer?

Existem inúmeros enfermeiros, veterinários, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos, biomédicos e médicos estudados, competentes e atualizados que realizam essa terapia de forma responsável ética e obtendo excelentes resultados, mas infelizmente a indústria farmacêutica é muito poderosa e tem muito interesse que essa técnica nunca seja legalizada.

Profissionais vão para as redes sociais alertar sobre o sensacionalismo da Rede Globo pós matéria do Fantástico

A Presidente da Associação Brasileira de Ozonioterapia, Dra. Maria Emília Gadelha, publicou um vídeo sobre a técnica da ozonioterapia e diversos outros assuntos, logo após a reportagem tendenciosa do programa Fantástico (Rede Globo).

Neste vídeo, a Dra. explica o motivo dos médicos não apoiarem a técnica, e estão tentando de tudo para que a ozonioterapia não entre no Sistema Único de Saúde, e vocês sabem o porquê?

A técnica, estando disponível, irá evitar o consumo desnecessário de uma série de medicamentos. As pessoas poderão ter alta antes do tempo e utilizarão menos medicamentos.

Desta forma, a ozonioterapia ajudará e muito a recuperar a saúde de forma bem mais natural e fisiológica, contudo os médicos bobalhões estão querendo barrar uma técnica que pode acrescentar significativamente na recuperação de pacientes com diversas patologias.

Veja o vídeo:

Além da Dra. Maria Gadelha, o Dr. Coimbra que é um dos pioneiros da ozonioterapia no Brasil e uma das maiores autoridades no assunto, também se pronunciou pós matéria tendenciosa da rede globo e fez uma live em sua página do facebook sobre a distorção e má fé dos profissionais que fizeram tal reportagem.

Confira o vídeo:

ABOZ emite nota de repúdio nas redes sociais após reportagem da ozonioterapia

A Associação Brasileira de Ozonioterapia (ABOZ) emitiu uma nota oficial, esclarecendo sobre reportagem tendenciosa do programa Fantástico – Rede Globo em 08/07/2018 – Ozonioterapia.

Preencha os campos abaixo e faça o download do arquivo na íntegra:


Ministério da Saúde reconhece o uso da ozonioterapia no Brasil

A Ozonioterapia é uma Terapia Complementar reconhecida pelo Ministério da Saúde e está dentro das Práticas Integrativas Complementares (PICS), liberada pelo SUS no Brasil neste ano de 2018.

Recentemente, o Ministério da Saúde reconheceu o uso da Ozonioterapia como Prática Integrativa e Complementar em Saúde, em 21 de março de 2018 teve publicado a Portaria nº 702.

Não damos a mínima se o Conselho de Medicina reconhece ou não, sabem porquê? Todos devem saber que a palavra do Conselho de Medicina é válida apenas na profissão deles (decisões de acórdão interno). O CFM não tem poder de Polícia Federal e nem de Ministério Público.

Leia mais: Ozonioterapia no Brasil – Dra. Ana Carolina Puga

Portanto, eles não possuem competência alguma para investigar sobre tal, aliás essas instituições médicas acham que possuem a força da “espada de grayskull” e que podem derrotar tudo e todos, mas sabemos que não há legitimidade alguma nisso. São meros sonhadores! Podemos ficar despreocupados.

Ozonioterapia

2 COMENTÁRIOS

  1. Sou farmacêutico, sou ozonioterapeuta e não abro mãos dos muitos beneficios que encontrei na ozonioterapia.
    E mais, nós profissionais da saúde não-médicos, não podemos permitir que a exemplo da acupuntura, da homeopatia e ortomolecular que antes eram veemente combatidas e reprovadas pelo CFM(Conselho Federal de Medicina), depois ao perceberem que o nicho de mercado era grande, queriam EXCLUSIVIDADE. Não…Não podemos aceitar que apenas médicos tenham permissão pra atuar em ozonoterapia, não podemos permitir a monopolização da ozonioterapia. Caso isso ocorra, perde a população, perde o estado, perde a saúde.

    • Prezado Rogério muito obrigado pelos seus comentários.

      Recentemente saiu uma decisão judicial colocando o CFM no seu devido lugar. Segundo o magistrado, sequer o CFM tem poder de limitar a atuação de seus associados pelos tipos de procedimentos que eles adotam… como no caso a medicina antiaging! A liminar de 2012 caiu e lá há argumentos de sobra não só para os conselhos de medicina, mas como também, para todos os conselhos de todas as áreas.

      – Não há obrigatoriedade científica para que profissionais da saúde realizem procedimentos;
      – Não há competência para impedir que profissionais da saúde adotem procedimentos advindos de práticas internacionais;
      – Não há competência alguma de conselhos de classe exercerem atividade administrativa exercer atos sublegais, infralegais ou algo que esteja fora de suas atribuições originais (tanto que em breve todos os conselhos deixarão de ser Autarquias conforme Ministério do Planejamento e STF);

      NA PRÁTICA, OS PROFISSIONAIS DA SAÚDE NEM DEVERIAM DAR QUAISQUER OUVIDOS OU AO MENOS SE INCOMODAR COM AS DECISÕES DO CFM E SEUS LOBBYS, POIS NEM MESMO NA PRÓPRIA PROFISSÃO SÃO CONSIDERADOS COMO ATOS LEGÍTIMOS.

      Farmacêuticos todos devem tacar o pau nos procedimentos e se organizar melhor em acordo com as Leis e interpretações dos magistrados. Eles não estão nenhum pouco favoráveis aos Conselhos de Medicina que usurpam do poder.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.